Peça adapta para universo infantil <i>Dom Quixote</i> de Cervantes

Era Uma Vez Dom Quixote de La Mancha que Lê Conto - com esse título comprido o diretor Lúcio Mauro Filho trouxe para a mostra infantil do Festival de Teatro de Curitiba sua adaptação do romance Dom Quixote, de Cervantes. Uma boa idéia, com alguns bons recursos cênicos - como os cavalinhos que se adaptam ao corpo das atrizes que também executam a sonoplastia com diferentes instrumentos musicais. A boa adaptação textual no entanto sai prejudicada pela fragilidade das intérpretes - Laura Telles e Viviane Netto - que perdem tempos de humor e diluem tensões em movimentações pouco precisas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.