Paulo Autran não terá seqüelas neurológicas

Exames neurológicos realizados no ator Paulo Autran, de 81 anos, mostraram que ele não terá seqüelas neurológicas do problema que o levou a internar-se no Hospital Sírio Libanês na semana passada. A informação está no novo boletim médico do ator, divulgado nesta terça-feira. Autran teve uma pneumonia por causa de "broncoaspiração de material gástrico" e chegou a ficar em coma na UTI do hospital, recobrando a consciência pouco tempo depois. O boletim médico informa também que Autran teve uma calosidade extraída de uma das cordas vocais, com prognóstico benigno. O ator deverá ter alta em breve.

Agencia Estado,

11 de novembro de 2003 | 13h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.