Paulinho da Viola é o grande vencedor do Prêmio TIM

"É muito bom ganhar, né não?", dizia dona Maria Gonçalves Santos, de 69 anos, integrante do grupo mineiro Meninas de Sinhá, nos corredores do Teatro Municipal do Rio, na noite de quarta-feira. As ''meninas'', senhoras da periferia de Belo Horizonte que cantam cantigas de roda, venceram o Prêmio TIM na categoria melhor grupo regional. Mas o grande vencedor foi Paulinho da Viola, que saiu com três prêmios na mão - melhor canção (Vai Dizer ao Vento) -, ele não tinha concorrentes nesta categoria -, disco e cantor de samba. "Eu fiquei lisonjeado. Mas, também, constrangido (por ter três canções concorrendo entre si), pelo inusitado", revelou, na saída, depois de dividir os troféus com a mulher e um filho.No TIM, não é permitido fazer discurso de agradecimento, o que encurta a cerimônia, mas a deixa sem sal. Os melhores momentos foram os que tiveram como protagonista o homenageado desta edição: Dominguinhos. Sua história de vida, de Garanhuns (PE) para o mundo, foi contada pelos apresentadores, Marieta Severo e Marcos Palmeira. E seu acordeom apareceu em todos os números musicais: com Liv Moraes, sua filha, Elba Ramalho, Ivete Sangalo, Vanessa da Mata, Gilberto Gil, Zezé di Camargo (que tocou acordeom) e Luciano, Nana Caymmi. Foi um sucesso atrás do outro - De Volta pro Aconchego, Lamento Sertanejo, Gostoso Demais, A Vida do Viajante, Contrato de Separação, Eu Só Quero Um Xodó...Ivete Sangalo ganhou os prêmios de melhor cantora regional e, como era de se esperar, também pelo voto popular. Surpresos com os resultados, Fafá de Belém e Emílio Santiago também levaram dois prêmios cada um. Vitor Ramil (cantor e compositor que é irmão de Kleiton e de Kledir) foi outro que se surpreendeu com o resultado - disputava o voto popular de melhor cantor com nomes mais conhecidos, como Caetano Veloso, Djavan, Jorge Benjor, entre outros. "São as coisas inesperadas da internet! Tenho fãs que são como uma pequena torcida de futebol que faz muito barulho." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.Destaques da PremiaçãoArranjo - Cristovão Bastos;Melhor Canção - Vai Dizer ao Vento, Paulinho da Viola;Revelação - Rodrigo Maranhão;Disco Canção Popular - Ao Vivo, Fafá de Belém;Dupla - Sandy e Junior;Grupo Popular - Orquestra Popular Céu na Terra;Cantor (Canção Popular) - Martinho da Vila;Cantora (Canção Popular) - Fafá de Belém;Disco Instrumental - Yamandú+Dominguinhos;Solista - Baden Powell;Grupo (Instrumental) - Zimbo Trio;Disco MPB - De um Jeito Diferente, Emílio Santiago;Grupo MPB - Boca Livre;Cantor MPB - Emílio Santiago;Cantora MPB - Nana Caymmi;Disco Pop/Rock - Ao Vivo no Estúdio, Arnaldo Antunes;Grupo Rock - Nação Zumbi;Cantor Pop - Jorge Benjor;Cantora Pop - Vanessa da Mata;Disco Regional - Toda Vez Que Eu Dou um Passo o Mundo Sai do Lugar, Siba e a Fuloresta;Grupo Regional - Meninas de Sinhá;Cantora (Samba) - Alcione;Cantora Regional - Ivete Sangalo;Disco Samba - Acústico MTV, Paulinho da Viola;Cantor Samba - Paulinho da Viola;DVD - Maria Bethânia, Pedrinha de Aruanda/Bethânia Bem de Perto;Disco Erudito - Beethoven - Abertura à Consagração da Casa Sinfonia número 6, Osesp;Disco Eletrônico - Social, Marcelinho da Lua;Voto PopularCantor - Vitor Ramil;Cantora - Ivete Sangalo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.