Paul Stanley tem problema de saúde e falta em show do Kiss

Paul Stanley, cantor e guitarrista do Kiss, foi obrigado a desistir de um show do grupo na sexta-feira na Califórnia, depois que seu coração começou a bater com o dobro da velocidade normal, disse ele em sua página na Internet. A aparente taquicardia aconteceu quando a banda ensaiava para uma apresentação em um cassino em San Jacinto, 145 km ao leste de Los Angeles. "Meu coração pulou para 190 batidas por minuto", escreveu Stanley, 55 anos. Ele conta que os médicos pararam momentaneamente seu coração para que o órgão voltasse a bater de forma normal. Um coração normal bate de 60 a 80 vezes por minuto. A taquicardia causa palpitações, falta de ar, dores no peito, náusea e pode levar ao desmaio. Paul Stanley, fundador do Kiss, afirmou que foi informado que tocar seria arriscado, e o show da banda aconteceu sem sua presença.

REUTERS

29 Julho 2007 | 18h26

Mais conteúdo sobre:
CULTURA MUSICA KISS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.