Paul McCartney vai pagar U$ 48 milhões à ex-mulher

Uma entusiasmada Heather Mills disse hoje ter garantido o seu futuro e o da filha após um juiz assegurar a ela o recebimento de 24,3 milhões de libras (US$ 48,6 milhões, ou R$ 83,1 milhões) no processo de divórcio com o ex-Beatle Paul McCartney. Um documento divulgado pela Corte de Família informou que o juiz concedeu a Heather a soma equivalente a US$ 33 milhões (R$ 56,43 milhões) mais os bens que ela já mantinha, no valor de US$ 15,6 milhões (R$ 26,7 milhões).Falando do lado de fora do tribunal, Mills criticou a advogada de McCartney, acusando-a de lidar mal com o caso. "Estou tão feliz que acabou", disse ela. "Estamos muito, muito satisfeitos." McCartney, de 65 anos, se casou com a ex-modelo e coordenadora de campanhas de caridade Heather Mills, de 40 anos, em 2002. Eles se separaram quatro anos depois, culpando a intromissão da mídia em suas vidas pessoais pelo fim do relacionamento. O casal tem uma filha, Beatrice, de quatro anos.As disputas envolvendo a separação de um dos fundadores do grupo pop mais famoso do mundo e Mills foram acompanhadas de muito perto pela mídia. Mills foi alvo de histórias sensacionalistas na impressa sobre seu passado pitoresco, e disse que ficou à beira do suicídio porque a mídia a retratou como "vadia" e "garimpeira".A fortuna de McCartney é estimada em US$ 1,6 bilhão (R$ 2,74 bilhões). O ex-Beatle também pagará anualmente o equivalente a US$ 70 mil (R$ 120 mil) para a filha do casal, todo ano. Além disso, pagará a babá e a escola da criança. McCartney conheceu Mills em 1999, um ano depois da morte por câncer de mama de sua primeira mulher, Linda. O primeiro casamento dele havia sido uma das mais duradouras no mundo do rock, e o casal teve três filhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.