Paul McCartney terá que pagar R$ 82 mi à ex-mulher

Quantia, decidida pela Justiça britânica, não bateu recorde de 2007.

Da BBC Brasil, BBC

17 de março de 2008 | 11h15

O ex-beatle Paul McCartney terá de pagar à sua ex-mulher Heather Mills 24,3 milhões de libras (cerca de R$ 82,7 milhões), depois de uma batalha judicial na Grã-Bretanha. A fortuna do ex-beatle está avaliada em 865 milhões de libras (quase R$ 3 bilhões), e havia especulação de que o pagamento de McCartney a Mills poderia estabelecer um recorde no país.Como parte do acordo, Heather vai receber um pagamento de 14 milhões de libras e ainda 2,5 milhões para comprar uma casa em Londres.Na saída do tribunal, em Londres, Mills disse estar "satisfeita" com o fim do litígio e que o resultado "foi incrível para assegurar o meu futor e o da minha filha". Especialistas na Grã-Bretanha especulavam que a cifra poderia atingir 60 milhões de libras (cerca de R$ 207 milhões).O valor do divórcio teve de ser decidido pelo juiz Hugh Bennet porque o casal não conseguiu chegar a um acordo financeiro no mês passado.Até hoje, o acordo financeiro mais alto na Grã-Bretanha foi fechado no divórcio do empresário John Charman, em maio de 2007. Ele pagou a sua ex-mulher a quantia de 48 milhões de libras (cerca de R$ 165 milhões).A decisão do juiz Hugh Bennet poderá ser contestada caso alguma das partes não fique satisfeita. Se isso ocorrer, o processo vai para o Tribunal de Apelações e, então, poderá se tornar um caso público.O ex-beatle e a ex-modelo se casaram em 2002 e têm uma filha, Beatrice, de 4 anos. Desde o anúncio da separação, em maio de 2006, os dois discutem questões financeiras e os direitos sobre a guarda da filha.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.