Paul McCartney pagará cerca de R$ 300 milhões à ex-mulher

O pacto de divórcio pode ser o maior da história legal do Reino Unido

Efe,

20 de julho de 2007 | 14h24

O ex-Beatle Paul McCartney pagará à sua ex-mulher Heather Mills quase £ 70 milhões (cerca de R$ 309 milhões) como parte de um acordo de divórcio, diz hoje o jornal britânico Daily Mail.Heather, que se separou do cantor em maio de 2006 após quatro anos de casamento, receberá uma soma inicial de £ 15 milhões (R$ 66,6 milhões) e mais £ 3,5 milhões (R$ 15,3 milhões) por ano até que a filha dos dois, Beatrice, de 4 anos, chegue aos 18.De acordo com o jornal, a ex-mulher de McCartney não receberá nenhuma propriedade, uma vez que já tem três casas.O músico também assumiu todas as despesas de Beatrice, como escola, viagens, babás e segurança.O pacto de divórcio, que pode ser o maior da história legal do Reino Unido, incluirá uma cláusula estipulando que nenhuma das duas partes falará em público sobre as razões da separação, segundo o Daily Mail.Em outubro do ano passado, a imprensa britânica informou que Heather, de 39 anos, acusou McCartney de tê-la maltratado em quatro ocasiões. Chegou a dizer que o músico bebia regularmente.Os dois se conheceram em 1999 num ato beneficente, um ano depois da morte da primeira mulher do músico, Linda, com quem viveu durante 29 anos.  

Tudo o que sabemos sobre:
Paul McCartney, Heather Mills

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.