Patrimônio do Japão pode ser visto em Santos

Neste fim de férias, quem estiver na Baixada Santista, litoral de São Paulo, pode visitar a exposição Patrimônio Mundial do Japão, que o Sesc/Aparecida, em parceria com a Universidade Católica de Santos (UniSantos) e a Fundação Japão, promovem na Fortaleza da Barra Grande. A edificação, que pode ser vista da Ponta da Praia é um dos principais monumentos militares do País, construído no século 17, na entrada do estuário.Para os organizadores da mostra, é uma oportunidade rara de o visitante conhecer locais escolhidos pela Unesco para serem preservados. Trabalhos do fotógrafo Miyoshi Kazuyoshi, realizados a pedido da Unesco, retratam imagens da natureza e de monumentos históricos japoneses. Tudo isso pode ser visto até domingo, das 10 às 17 horas. A entrada na Fortaleza é gratuita. Para facilitar a visita, barcos sairão a cada 30 minutos da Ponte dos Práticos.Kazuyoshi é fotógrafo profissional. Aos 27 anos, recebeu o prêmio Kinura Ilhee, por seu livro de fotos Rakuen e sua produção fotográfica faz parte da coleção permanente do George Eastman House International Museum of Photography and Film, nos Estados Unidos. Haverá também um local com comida típica japonesa e, no encerramento da mostra, a apresentação do espetáculo Quimera - O Anjo vai Voando, com a Cia. Tamanduá de Dança, a partir das 20 horas, no Teatro do Sesc.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.