Patrícia Noronha estréia "deste meu todo teu ser"

A partir de sua incapacidade demovimento, conseqüência de uma lesão corporal, bailarina ecoreógrafa Patrícia Noronha desenvolveu a pesquisa coreográfica do espetáculo que estréia hoje "deste meu todo teu ser", premiado com a Bolsa Vitae de Artes 1999/2000.O espetáculo propõe uma linguagem em dançateatro baseada no forte apoio dospés no chão. Trata dafragilidade da vida e do corpo, a fraqueza que se transforma em força e asuperação dos limites através da delicadeza e sensibilidade. Na composição, elementos da cultura brasileira, entre eles a sonoridade e o palhaço da folia de reis, aprocissão e seus anjos, estandartes e santos, as fitas coloridas e a alegriadas festas populares. Tudo sob a influência do aprendizado de Patrícia Noronha, que foi discípula do coreógrafo e bailarino Takao Kusuno (1945-2001), um dos responsáveis pela introdução do butô no Brasil - estilo de dança surgido noJapão na década de 50, e cuja expressão máxima é bailarino Kazuo Ohno.Patrícia Noronha foi também professora de técnica corporal, criatividade nomovimento e composição do Departamento de Artes Corporais da UniversidadeEstadual de Campinas e professora do Departamento de Artes Cênicas da Escolade Comunicação e Artes da USP.deste meu todo teu ser - O Theatro São Pedro fica na rua Barra Funda, 171, fone 3667-0499. Dequinta a sábado, às 21hs e domingo, às 18h. Duração: 80 min.Ingressos: R$ 15,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.