Participante morre afogado em reality show paquistanês

A morte ocorreu durante a gravação do programa em 19 de agosto, mas não foi anunciada antes

AE-AP, Agencia Estado

30 de agosto de 2009 | 17h01

Um participante de um reality show da televisão paquistanesa se afogou durante uma prova do programa, informou hoje uma porta-voz do patrocinador da atração, a Unilever Paquistão. Saad Khan, de 32 anos, cruzava a nado um lago, levando uma mochila de sete quilos, quando gritou pedindo ajuda e desapareceu. Outros competidores e funcionários do programa se lançaram na água para tentar salvá-lo. Eles não o encontraram, porém, nas águas turvas do lago em Bangcoc, na Tailândia, onde era gravado o episódio, segundo a porta-voz. Mais tarde, foi encontrado o corpo de Khan.

A morte ocorreu durante a gravação do programa em 19 de agosto, mas não foi anunciada antes de o corpo ser entregue à família do participante, em Karachi. A polícia paquistanesa investiga o caso para determinar se houve um acidente ou morte por negligência, segundo o jornal tailandês "Kom Chad Luek". A Unilever Paquistão não assumiu responsabilidade pela morte, mas afirmou que pagará uma pensão à viúva e aos quatro filhos do falecido. Khan já havia sido eliminado em uma rodada anterior do programa, mas voltara para uma repescagem na atração.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoreality showmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.