Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube

Paródias musicais e ídolos adolescentes são destaques no YouTube

Na lista estritamente musical, Justin Bieber, Shakira, Lady Gaga ficaram entre os mais vistos

EFE

14 de dezembro de 2010 | 11h45

O site YouTube publicou nesta segunda-feira a lista dos dez vídeos mais vistos do ano, entre os quais se destacam paródias musicais e ídolos adolescentes.

O vídeo mais assistido foi Bed Intruder Song, uma canção feita a partir de uma entrevista à uma televisão dos Estados Unidos e que ficou tão popular que passou a ser comercializado pela loja digital "iTunes".

Atrás ficou outra paródia musical, Tik Tok Kesha Parody, enquanto em terceiro aparece Greyson Chance Singing Paparazzi, versão de um adolescente de 12 anos do clipe da cantora Lady Gaga em um festival de jovens talentos.

Posteriormente, a lista do YouTube destaca um anúncio de gel de banho transmitido durante o Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano.

Outro dos vídeos mais populares do ano foi um com as imagens do duplo arco-íris no Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia (EUA), e a emocionada narração do cinegrafista durante a gravação.

Um dos fenômenos midiáticos, o ídolo das adolescentes canadense Justin Bieber também está entre os mais vistos. Um de seus vídeos de destaque mostra a visita de uma fã, uma menina de apenas três anos, entre lágrimas.

A lista termina com um divertido vídeo musical do grupo OK Go e uma arriscada exibição de um automóvel de corridas.

O YouTube também destaca as principais buscas por mês do ano, entre as quais se sobressai um vídeo sobre o Haiti em janeiro, quando aconteceu o grande terremoto que arrasou o país caribenho, e a canção da Copa do Mundo da África do Sul Waka Waka, interpretada por Shakira em junho.

Na lista estritamente musical, Justin Bieber, Shakira e Lady Gaga ficaram entre os mais vistos.

Em 2010, mais de 700 bilhões de vídeos do YouTube foram assistidos no mundo todo, informou Mia Quagliarello, gerente de comunidades da companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
YouTubeJustin BieberShakiraLady Gaga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.