Parlapatões e José Miguel Wisnik participam de evento em Sesc

Atividades programadas no Sesc Carmo marcam o ano do centenário da morte do escritor Machado de Assis

Da Redação,

05 Agosto 2008 | 10h57

No ano do centenário da morte Machado de Assis, o Sesc Carmo programou dois eventos gratuitos para retratar a obra do escritor. A Pena da Galhofa: Contos de Machado de Assis e Está Morto: Podemos Elogiá-lo à Vontade contarão com a participação do músico e professor de Literatura Brasileira, José Miguel Wisnik e do grupo Parlapatões.   Para as atividades de A Pena da Galhofa: Contos de Machado de Assis, está sendo preparado um sarau com o Trio Harmonia (dia 5, às 17h), um bate-papo com José Miguel Wisnik (dia 14, às 18h), além de um teatro interativo com a Cia do Feijão (entre 18 e 29 de agosto, às 18h).   Já no projeto Está Morto: Podemos Elogiá-lo à Vontade, o grupo Parlapatões encenará o conto Quase Ministro (dia 12, às 18h). A leitura conta com Claudinei Brandão, Henrique Stroeter, Hugo Possolo, Mario Matias e Raul Barreto. Concepção e direção de Eugênia Thereza de Andrade.   A entrada para os eventos é gratuita. Para mais informações, entre no portal do Sesc ou pelo telefone 3111-7000.     Está Morto: Podemos Elogiá-lo à Vontade e A Pena da Galhofa: Contos de Machado de Assis. Sesc Carmo. Rua do Carmo, 147. A partir de 5 de agosto. Entrada Gratuita. Fone: 3111-7000

Mais conteúdo sobre:
Parlapatões José Miguel Wisnik

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.