Paris terá arranha-céu colorido gigante de Jean Nouvel

Planejadores urbanos de Paris escolheramo projeto de um novo arranha-céu colorido gigante que será umadas construções mais altas da França, perdendo apenas para atorre Eiffel. O edifício de aço inoxidável de 301 metros de alturaprojetado pelo arquiteto francês Jean Nouvel terá um metro maisque duas outras obras já aprovadas para serem erguidas nodistrito comercial da cidade, mas ainda perderá para a torreEiffel, que tem 324 metros. Contendo espaço para escritórios, lojas, apartamentos e umhotel quatro estrelas, o edifício será símbolo dodesenvolvimento de Paris para além de suas fronteirastradicionais, disse o diretor do órgão de desenvolvimentourbano EPAD. "A Torre Signal terá por objetivo tornar-se o edifício dereferência da Grande Paris", disse Patrick Devedjian emcoletiva de imprensa. Os planos se seguem a iniciativas lançadas pelo presidenteNicolas Sarkozy para atrair arquitetos aclamados à França erevitalizar a periferia de Paris. O arranha-céu será erguido na periferia ocidental de Parise terá uma série de características ecologicamente corretas. Para garantir a boa ventilação, cada um de seus quatrosegmentos vai abrigar um grande átrio de temática definida poruma cor. Painéis solares e turbinas de vento vão ajudar a gerara eletricidade consumida pelo edifício. Criador da Torre Agbar, em Barcelona, com seu formato demíssil, e do prédio de aço e vidro do Instituto Árabe Mundial,em Paris, Jean Nouvel explicou: "Na realidade, a torre seráfeita de vários prédios empilhados um sobre o outro, cada umdos quais vai conter um mundo próprio." A estrutura está prevista para ser terminada em 2015, aocusto de 600 milhões de euros (945,9 milhões de euros), semcontar os honorários da criação do projeto e do desenvolvimentocomercial. A concorrência para escolher o projeto atraiu pesos pesadosda arquitetura como Daniel Libeskind, Jacques Ferrier e NormanFoster.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.