EFE/Arquivo
EFE/Arquivo

Paris inaugura exposição sobre Mario Vargas Llosa

Mostra traz trajetória do escritor peruano com fotos, textos e cartas a outros escritores

EFE

14 de setembro de 2010 | 16h46

O escritor peruano Mario Vargas Llosa é tema da exposição "A liberdade e a vida", que resume sua trajetória pessoal e foi inaugurada nesta terça-feira em Paris. A mostra, apresentada em 2009 no México e inaugurada em 2008 no Peru, ficará exposta na Maison de l'Amerique Latine até 6 de novembro.

Trata-se de uma evocação da trajetória do autor de "Tia Julia e o Escrevinhador", entre inúmeros livros, nascido em 1936 em Arequipa. A exposição reúne fotografias, arquivos, extratos de novelas, ensaios e cartas a outros escritores.

A mostra permite acompanhar a evolução do autor, desde sua infância peruana até a atualidade, articulada em diferentes sessões. Retrata sua "juventude rebelde", atividades literárias, políticas, jornalísticas, entre outras, segundo os organizadores do evento.

As relações do escritor com a França estão em uma sessão própria. Mesmo que Llosa tenha elegido Londres para viver, assegura ter passado em Paris sete anos cruciais, os mais decisivos de sua vida.

Um livro sobre a mostra foi publicado, com textos de diferentes especialistas, entre eles Jorge Semprún, Albert Bensoussan, Michel Braudeau, Fernando Carvallo e Alonso Cueto, que é também o curador da exposição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.