Arquivo/AP
Arquivo/AP

Paris Hilton é detida e logo após liberada depois do jogo do Brasil

Segundo acusação, amiga que a acompanhava portava maconha; socialite não recebeu acusações

Associated Press,

02 de julho de 2010 | 18h21

JOHANESBURGO-  A socialite de Hollywood Paris Hilton foi presa logo após o jogo entre Brasil e Holanda nesta sexta-feira, 2, por suspeita de possessão de maconha, mas foi liberada sem acusações.

 

A herdeira da rede de hotéis Hilton e sua amiga Jennifer Rovero foram detidas fora do estádio Nelson Mandela. Rovero, que descreve a si própria como uma ex-coelhinha da Playboy, modelo e atriz em seu site, foi condenada a pagar uma fiança de US$ 130 ou ficar 30 dias na cadeia por fumar um cigarro de maconha.

 

"Elas estavam juntas, mas nós não fizemos acusações contra Hilton. O cigarro era de Rovero, não de Paris" disse um promotor à Reuters. Seu assessor de imprensa afirmou por meio de um comunicado que sua prisão foi um engano.

 

"Eu posso confirmar que o incidente foi um completo engano e foi outra pessoa no grupo que fez isso (tinha drogas). Não serão feitas acusações contra Paris", disse.

 

A celebridade chegou na África na quinta, de acordo com sua página no twitter. Depois de sua liberação, ela escreveu a seguinte mensagem paras seus fãs:

 

"Há um monte de rumores loucos correndo por aí. Só quero que vocês saibam a verdade. Tudo está completamente bem. Eu não fui presa nem acusada, porque não Fix nada. Só estava ajudando a polícia com a investigação e respondendo perguntas."

 

Atualizado às 22h02

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.