Paris Hilton diz em entrevista que se cansou dos homens

A modelo herdeira das redes de hotéis Hilton, Paris, que ganhou fama internacional quando seu então namorado Rick Solomon postou na internet um vídeo que mostrava os dois fazendo sexo, negou que leva uma vida promíscua em entrevista à versão britânica da revista "GQ". "Eu não faço sexo há um ano...eu beijo, e nada mais", declarou Paris, acrescentando à "GQ" que só manteve relações sexuais com dois homens em toda a sua vida.Sobre o vídeo divulgado por Rick Solomon, que se tornou um dos mais baixados na internet em 2003, Paris manifestou: "Eu nunca quis receber um centavo por isso. É dinheiro sujo e ele deveria doar tudo para alguma instituição de caridade que lute contra o abuso sexual ou algo do tipo". Paris disse à revista que é "muito tímida" "Eu já estive em carros tentando fugir desesperadamente dos paparazzi antes e é horrível, então costumo me identificar com Diana e com os problemas que ela teve", revelou Paris, referindo-se à Princesa Diana, mulher do Príncipe Charles da Inglaterra, que morreu em 1997 em um trágico acidente de carro. Durante a entrevista, a reportagem da revista perguntou o que Paris achava do primeiro-ministro Britânico, Tony Blair. "Quem? Ah..ele é o presidente de vocês (da Inglaterra). Eu não sei como ele é". Paris disse à "QG" que juntou US$ 500 mil em taxas para oferecer festas e outros eventos de Las Vegas a Tóquio. A modelo, que resolveu se inserir no mundo da música, divulgou recentemente a capa de seu primeiro CD, que leva seu nome. "O álbum todo será composto por músicas diferentes. Eu gosto de todo tipo de música, não somente de pop e rock. Eu quero fazer algo para todos", declarou Paris no mês passado à revista "Prestige".A mais nova cantora revelou à "QG" que o melhor pagamento que recebeu por sua aparição foi recentemente, na Áustria. "Eu tive que aparecer e dizer ´oi´ e o quanto gostava da Áustria", contou ela. E por que você gosta tanto do país?, perguntou a revista. "Porque eles me pagam US$ 1 milhão só para desfilar para multidões!", respondeu Paris.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.