Para leitores, Daniella Cicarelli não deve processar mídia

Daniella Cicarelli está errada em processar os sites que exibiram imagens do vídeo com cenas quentes entre ela e o namorado no YouTube - é o que pensa a maioria dos leitores do Portal Estadão. A enquete foi ao ar na sexta-feira com a pergunta "Ela tem razão?". O ´não´ venceu em disparada: 5330 pessoas acham que a modelo não deveria ter processado veículos e 1194 apóiam sua decisão. Daniella entrou com a ação na terça-feira na 23.ª Vara Cível de São Paulo contra os sites iG, Globo.com e YouTube. Na segunda-feira, o Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu liminar obrigando os veículos a tirar do ar as cenas que Daniella protagonizou com o empresário Renato Malzoni em uma praia de Cádiz, na Espanha. Caso não respeitem a decisão, estão sujeitos a multa diária de R$ 250 mil.Segundo publicou nesta terça-feira o jornalista Ancelmo Goes em sua coluna no jornal "O Globo", Daniella negou que fez sexo na praia e declarou que estava apenas namorando.O vídeo, feito pelo papparazzo Miguel Temprano, que estava a 150 metros de distância do casal, mostra os dois trocando carícias apaixonadas na areia e acaba numa suposta cena de sexo no mar. O material, que dura cerca de cinco minutos, foi parar até na emissora de TV TeleCinco, uma das maiores da Espanha, que exibiu também uma entrevista com Temprano.Confira comentários dos leitores que participaram da enquete:"Faz coisa que não deveria ter feito em público e agora quer processar a imprensa?", expressou o internauta Vitor Miranda, acrescentando, em tom de brincadeira: "Se eu fosse ela, ganharia uma grana em cima disso. Já que está na lama, vamos rolar e ganhar uns trocos, oras!". "A Daniella vacilou quando não pôde conter seus ímpios, visto que estava em uma praia onde vários banhistas poderiam também ficar chocados com as cenas apresentadas no vídeo. Como diz o ditado, ´agora Inês é morta´", disse Alexandre M. Paula, e completou: "É com os erros que aprendemos a não cochilar neste mundo globalizado onde somos monitorados full time".Em meio a tantos comentários discordando da moça, encontramos alguns defensores. "Sim, ela tem toda razão em processar os sites. O fato de ser uma pessoa reconhecida publicamente não dá o direito de divulgarem a imagem (a intimidade) dela", acredita Daiany S. dos Santos. E mais: "A mulher estava de férias, e se estava a fim de curtir a praia e o cara, que ela curta como quiser", comentou um internauta que não se identificou.Fim de contratosA coluna "Persona" do Estado publicou na última sexta-feira que o contrato que Daniella tinha com a Tim, mantido até então "na geladeira" por conta de sua conturbada separação do jogador de futebol Ronaldo, foi definitivamente rompido. O motivo seria o polêmico vídeo. A assessoria da Tim divulgou um comunicado negando que o rompimento do contrato tenha relação com o episódio.Foi divulgado também que a modelo não vai mais ser a garota-propaganda da General Motors do Brasil. A assessoria de imprensa da GM afirmou que o fim do contrato não está de maneira alguma relacionado com o vídeo. De acordo com a assessoria, o contrato já estava previsto para ser encerrado em setembro e tudo não passa de uma "mera coincidência". Piadinha A MTV não sabe se vai tirar uma casquinha ou não no VMB - sua premiação de videoclipes - do vídeo polêmico de Daniella Cicarelli que circula na internet. Daniella, apresentadora do programa "Beija Sapo", será uma das mestres-de cerimônias do VMB, premiação anual da MTV que este ano acontece nesta quinta-feira, ao lado dos VJs Marcos Mion e Cazé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.