Para deputada, anúncio da Forum ofende a mulher

A deputada federal Iara Bernardi (PT-SP) enviou ofício ao Conselho Nacional de Regulamentação Publicitária (Conar) protestando contra campanha publicitária veiculada pela grife de roupas Forum por considerá-la ofensiva à mulher. O anúncio publicado em jornais mostra um homem agarrando uma mulher e um texto extraído do livro Dona Flor e Seus Dois Maridos, do escritor baiano Jorge Amado, com a chamada: "desejo do Brasil".Segundo a deputada, "a imagem de uma mulher sendo subjugada sexualmente com o intuito de vender roupas contraria tudo o que as mulheres conseguiram nos últimos 40 anos em termos de direito, dignidade e respeito por parte doshomens". Iara, que é relatora da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e autora do projeto transformado na lei que pune o assédio sexual, entende que o anúncio reforça a idéia de que a mulher só serve para satistazer os desejos sexuais dos homens. "Até quando teremos de conviver com este pensamento machista de que a única coisa útil da mulher é o corpo?"A deputada também critica o uso de uma das principais obras literárias de Jorge Amado como pano de fundo para a mensagem publicitária. "Jorge Amado, pelo que consta, sempre foi um ferrenho defensor da igualdade de direitos e da liberdade." Segundo Iara, sua manifestação de repúdio não visa a atacar a liberdade de expressão, mas levar a uma reflexão,pois "tentar vender roupas dessa maneira é a forma mais grosseira, abjeta e humilhante" de tratar as clientes. O presidente do Conar, Gilberto Leifert, informou ter sido aberto um processo para questionar o anúncio em si e a escolha da mídia que o está veiculando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.