Para cumprir cotas, TV paga usa até breaks

Larissa Maciel, atriz que se revelou para a TV como a cantora Maysa, na minissérie da Globo, assinou contrato com a Record por cinco anos.

O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2012 | 03h10

A Globo já encomendou uma segunda temporada da série Louco por Elas a equipe e elenco.

Preamar, série da Pindorama, produtora de Estêvão Ciavatta, chegará à tela da HBO antes de FDP, produção da Pródigo. A primeira entra no ar em maio e a segunda, lá para julho.

Marcos Veras, comediante de stand up, é nome quase certo no elenco do novo programa de Fátima Bernardes nas manhãs da Globo.

Tarcísio Meira e Glória Menezes assinam o prefácio do livro Isto eu Vivi, biografia da atriz Neuza Borges pela Editora Cartolina, a ser lançada no dia 27.

Planeta Gelado, série que estreia dia 19 no Discovery, terá exibição em todos os canais do grupo no dia 22, Dia da Terra. No Discovery Kids, haverá alguns cortes de cenas de bichinhos cruelmente caçados - como orcas derrubando focas de blocos de gelo e leão marinho abocanhando pinguim.

Com elenco já escalado, o Cartãozinho Verde, mesa de esportes em versão infantil na Cultura, estreia dia 23 de abril, às 18h45, com um corintiano, um santista, um são-paulino e um palmeirense. A ancoragem é da atriz Cristina Mutarelli.

Heródoto Barbeiro grava hoje o primeiro Brasil em Discussão, programa que estreia hoje mesmo na Record News, com o maestro João Carlos Martins como convidado.

Brasil em Discussão vai ao ar após o Jornal da Record News. O programa será quinzenal e terá participação dos comentaristas da casa. Hoje, Heródoto divide a mesa com Ricardo Kotscho, Nirlando Beirão e José Henrique Alves.

"(Na Gazeta), minha produção era eu, minha filha e meu boneco Guinho. Só agora vou descobrir o que é fazer TV." Palmirinha Onofre, que estreia no BemSimples em junho.

Para cumprir a cota de produção nacional exigida pela nova lei da TV paga, alguns canais vão abastecer até os intervalos comerciais com cenas made in Brazil. Isso já motiva encomendas a produtoras nacionais nos canais Discovery e no Universal Channel, feito basicamente de séries internacionais e, como tal, fora de foco para enredos brasileiros. São em contextos como o do Universal que caem muito bem séries de esquetes curtinhas como Corta!, uma produção da 2DLab (a mesma do genuíno Meu Amigãozão para o Discovery Kids).

Trata-se de uma série de interprogramas com 26 episódios de cerca de três minutos cada para uma primeira temporada. São mais de 20 personagens (repare nos traços da ilustração acima), sem protagonista fixo. O primeiro investimento do canal (R$ 85 mil) foi para o desenvolvimento. O restante virá do artigo 1A, um dos meios de incentivo promovidos pela Ancine. A previsão de estreia ficou para março de 2013.

Já no Discovery, o grupo produziu depoimentos do navegador Amyr Klink sobre a série Planeta Gelado (estreia dia 19) para os intervalos. No Kids, o grupo investirá em novos quadros musicais com artistas brasileiros, como já acontece hoje com a dupla do Palavra Cantada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.