"Pânico na TV" perde audiência

Depois da turbulenta renovação do contrato, mudança de cenário e aumento de salário da equipe, o Pânico na TV enfrente queda na audiência. A atração da RedeTV!, que estreou com 3 pontos de ibope e em um ano viu essa média triplicar, está lutando para não deixar o interesse do público pelo programa cair, sintoma já notado na audiência do programa. Em junho, quando a negociação do passe do Pânico entre Rede TV! e SBT estava em seu ápice, o Pânico na TV! chegou a dar médias de 10 pontos de ibope, segundo medição na Grande São Paulo (onde cada ponto equivale a 49,5 mil domicílios). A audiência da atração, que se consolidou por algumas semanas na casa dos 9 pontos, vem caindo sutilmente. Segundo dados do Ibope, no dia 21 de agosto o programa registrou média de 7 pontos de audiência. No dia 28, esse índice caiu para 6 pontos. No dia 4 de setembro o programa voltou a marcar 7 pontos, mesmo índice do último domingo. Nem os picos de ibope alcançados pela dupla Vesgo e Silvio importunando os famosos são os mesmos. Em junho, as visitas da dupla a festas de celebridades chegavam a bater a casa do 15 pontos. A participação deles atualmente na atração não passa dos 10 pontos. Audiência à parte, o fato é que o Pânico tem se esforçado para renovar suas piadas e continua o "queridinho" do canal e dos anunciantes. Os breaks da atração estão lotados e também não há mais espaço para merchandisings, fatores que devem mudar se o ibope continuar caindo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.