Pânico em crise

Piadas velhas, excessos, audiência estagnada, perda de integrantes... Uma das atrações mais ousadas de sua geração, o Pânico na TV!, pode estar passando por uma crise.O programa da RedeTV!, que chegou a atingir média de audiência na casa dos 9 pontos no ano passado, hoje não passa dos 6 pontos no horário. Um dos indícios da má performance é a saída do diretor Ricardo Barros na semana passada. Há anos no comando da atração, Barros - que diz ter saído em paz com os humoristas - deixou o programa sem maiores explicações. Quem assumiu a vaga foi o produtor Alan Rapp.Outras perdas que o Pânico não conseguiu superar até agora foram as saídas de Vinícius Vieira e Carlos Alberto Silva (Gluglu e Netinho respectivamente). O programa está tentando descobrir novos talentos - contrataram até um morador de rua - mas ainda não preencheu o espaço deixado pela dupla, que foi para a Record em dezembro.Sem grandes novidades, o Pânico voltou a apostar na Dança do Siri, aumentou a participação das seminuas Panicats em gincanas bizarras, mas promete reformulações para junho. Agora é esperar. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.