Pamela Anderson é destaque em desfile de Paris

A atriz Pamela Anderson percorreu a passarela entre assobios e gritos na sexta-feira, e Vivienne Westwood recomendou às fashionistas que, para combater a crise econômica, vistam uma camisa de trás para diante. Enormes cobertores de segurança dobrados para formar casacos, além de tule cor-de-rosa descontrolado, acrescentaram o toque rebelde tradicional de Westwood ao desfile, que culminou com Pamela Anderson percorrendo a passarela primeiro numa saia de bailarina e depois numa camiseta grudada ao corpo. No backstage após o desfile no elegante Place Vendome, a poucos metros de distância do Ministério da Justiça francês, Westwood, com seus cabelos cor-de-laranja, ofereceu algumas dicas para desfazer o clima de pessimismo econômico, enquanto os desfiles de moda feminina em Paris pegavam fogo. "Compre menos, escolha bem, misture tudo. Vista sua camisa de trás para diante - assim você poderá usá-la de duas maneiras", disse a jornalistas a estilista britânica. Além da extravagância em tule, ela incluiu no desfile uma linha de vestidos e casacos que poderiam facilmente ser usados no trabalho, levando adiante a tendência às peças vendáveis, "wearable" vistas em Nova York e Milão. Vestidos e túnicas assimétricos em verde marinho e azul acinzentado, um vestido preto risca-de-giz e tops drapejados visavam dar às compradoras a opção de adquirir uma peça especial e combiná-la com o que tivessem em seu guarda-roupas. "Ainda vendo bastante. Parece que não me afeta", disse Westwood, falando da recessão que vem atingindo desde grifes comerciais até marcas de luxo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.