Painel de Carybé é leiloado no Rio

A Batalha de Pirajá, painel de Carybé, foi uma das poucas obras que ultrapassaram o lance máximo no leilão da Bolsa de Artes realizado na noite de anteontem, no Copacabana Palace. Saiu por R$ 320 mil, quando eram pedidos R$ 250 mil. Mas cerca de 30% das peças não foram vendidos por não terem alcançado o valor mínimo. Entre eles, o óleo sobre tela Peões Laçando Gado, de Weingärtner, cujo lance mínimo era R$ 200 mil, e uma escultura em mármore, de Bnoit-Lucien Hercule, Figura de Mulher, o lote mais caro, com lance mínimo de R$ 250 mil. Mesmo artistas valorizados, como Guignard, Di Cavalcanti e Portinari, ficaram mais próximos do mínimo e poucos ultrapassaram o máximo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.