Painel da MPB ao vivo e no rádio

Histórias, músicos e personalidades variadas inspiraram a série de programas do Estéreo Saci, que o Itaú Cultural coloca no ar a partir de hoje em sua web radio (www.itaucultural.org.br/estereosaci). O primeiro da série é o maestro Rogério Duprat, que, como lembra o instrumentista e musicólogo Régis Duprat, escolhido para apresentar o programa, colocou a música popular de cabeça para baixo no Brasil dos anos 1960.

, O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2010 | 00h00

Cada programa terá um show correspondente à noite no palco do Itaú Cultural. O primeiro a se apresentar é Walter Franco, que teve o "álbum branco" (o da mosca na capa), produzido por Duprat. Além de marcos do movimento tropicalista, o programa traça um perfil do maestro e mostra temas raros e outros clássicos, como Construção (Chico Buarque) e Me Dá Um Beijo (Alceu Valença e Geraldo Azevedo), que trazem sua marca.

Edson Natale, gerente do Núcleo de Música da entidade, diz que não há um conceito definido para a série, que prima pela diversidade, própria da música brasileira. As relações entre os artistas convidados, às vezes são mais afetivas, às vezes mais musicais, com os homenageados. Odair José, que se apresenta no dia 12, tem relação com Raul Seixas (que terá programa apresentado por Mário Manga), porque teve o primeiro disco produzido pelo roqueiro baiano. Já os Duprat, além de serem irmãos, trabalharam juntos.

Pena Schmidt apresenta o programa sobre Marcus Pereira. O show vai ser do Zimbo Trio. Duas mulheres que despontaram há pouco, Lulina (programa) e Polayne (show) "conversam" com Dolores Duran. A programação completa está no site www.itaucultural.org.br.

ESTÉREO SACI

Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, 2168-1776. De 5ª a dom. nesta semana e de 6ª a 2ª na próxima, sempre às 20 h. Grátis. Até 15/11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.