Pai de Winehouse quer criar centro

A família da cantora Amy Winehouse, encontrada morta no último dia 23 em sua casa em Londres, está buscando apoio para a criação, na Inglaterra, de centro de reabilitação para jovens viciados em drogas. O pai de Amy, Mitch Winehouse, reuniu-se ontem com políticos ingleses, entre eles, com o trabalhista Keith Vaz, para discutir a proposta. Depois da reunião, o pai da cantora afirmou que criará a Fundação Amy Winehouse para realizar o projeto. A artista teve, durante anos, problemas com drogas e álcool, mas ainda não foram anunciados os resultados das análises toxicológicas que determinarão a causa de sua morte, aos 27 anos. / AP

, O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.