Pai de Lindsay Lohan é preso por violência doméstica

O pai de Lindsay Lohan foi preso após um confronto aparentemente enfurecido com uma ex-namorada, informaram a polícia e sites de notícias sobre celebridades nesta terça-feira.

REUTERS

22 de março de 2011 | 16h11

Michael Lohan, de 50 anos, foi detido em uma rua de West Hollywood na noite de segunda-feira depois de uma mulher dar queixa à polícia por violência doméstica. A mulher recusou tratamento médico, mas Lohan foi autuado por suspeita de ferir uma pessoa que vive com ele e por cárcere privado, disse o porta-voz da polícia de West Hollywood.

Michael Lohan foi levado mais tarde a um hospital próximo, queixando-se de dores no peito.

O site de celebridades TMZ.com disse que Lohan teve uma discussão violenta com sua ex-namorada Kate Major e tentou estrangulá-la com uma toalha.

Michael Lohan divorciou-se da mãe da atriz Lindsay Lohan, Dina, em 2007. Ele já teve vários problemas com a lei e passou tempo na prisão. Ele está previsto para participar da próxima temporada do reality show "Celebrity Rehab with Dr. Drew", recebendo tratamento para controle da raiva.

Lindsay Lohan, que nos últimos três anos entrou e saiu de reabilitação e da prisão, tem audiência judicial marcada para sexta-feira, em Los Angeles, pela acusação de roubar um colar de 2.500 dólares de uma loja em janeiro.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEPAILOHANVIOLENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.