Ovos da coleção Faberge voltarão à Rússia

Os famosos ovos de Páscoa da coleção Faberge vão voltar para a Rússia. Um magnata do setor petrolífero comprou 12 dos riquíssimos artefatos por um valor não revelado pela casa de leilão Sotheby?s. Quando a coleção foi a leilão no mês passado, a Sotheby?s informou que o mais caro dos ovos poderia chegar a US$ 24 milhões. A coleção inteira poderia ser arrematada por até US$ 90 milhões. Os ovos, de cerca de 13 centímetros, têm desenho cheio de detalhes e são crivados de pedras preciosas. O principal da coleção tem a figura da carruagem em que a mulher do czar Nicolau II paseava por Moscou.

Agencia Estado,

04 de fevereiro de 2004 | 19h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.