OUTROS SONS NA EXPOSIÇÃO

"O Mobile Radio não é uma obra apenas de som, é participativa", diz o curador Tobi Maier. A 30.ª Bienal apresentará ainda trabalhos sonoros de destaque, como o do argentino Leandro Tartaglia, "áudio-teatro" com trajeto do prédio do Ibirapuera até a Capela do Morumbi, onde o visitante encontrará peças da americana Maryanne Amacher, colega do compositor John Cage. / C.M.

O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2012 | 03h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.