Joe Klamar/AFP
Joe Klamar/AFP

Oscar mantém espaço da premiação

Academia vai usar o teatro, que passa a se chamar Dolby Theater, por mais 20 anos

O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2012 | 03h10

A sede da premiação do Oscar, o antigo Kodak Theater, vai mudar de nome. A partir de agora, o teatro, que pertence ao CIM Group, passa a se chamar Dolby Theater. Conforme informou a empresa proprietária do espaço, que possui quatro pisos e 3.400 lugares, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas renovou o contrato para que a cerimônia de entrega do Oscar ocorra no local por mais 20 anos. "Agrada-nos muito que o teatro se chame Dolby agora, porque significa excelência", afirmou o presidente da Academia, Tom Sherak. "Era algo lógico e natural para nós."

A CIM retirou o nome Kodak do teatro (que sedia a festa desde 2002) depois que a Eastman Kodak Co. declarou bancarrota após 131 anos de existência. Ambas as empresas tinham firmado acordo para que o nome Kodak permanecesse por 20 anos, contando a partir de 1999. Diante da crise, um juiz determinou que o nome fosse retirado antes do prazo. A questão rendeu piadas na entrega dos prêmios este ano, quando o apresentador Billy Crystal se referiu ao espaço como "Teatro Capítulo 11", em referência à lei de falências dos EUA.

Sherak declarou também que a Academia, que renovou imediatamente o contrato com a CIM no ano passado, chegou a considerar o fato de levar a cerimônia para outro local, mas que decidiu mantê-la em Hollywood. "As pessoas nos diziam que adorariam nos receber e fizeram vários convites", contou Sherak, "Falamos com vários interessados, que nos ofereceram opções e que estavam dispostos a negociar, mas não mudamos porque, após uma reunião com os diretores da Academia, concluímos que queríamos mesmo continuar com a premiação em Hollywood."

Os valores atuais não foram revelados, mas sabe-se que a Kodak pagava uma cota anual de US$ 3,6 milhões pelo direito de dar nome ao teatro. O presidente informou ainda que, como parte do acordo negociado com o proprietário anterior, a Academia tem poder de decidir o nome do teatro. A Dolby, que produz tecnologia em áudio para casas até cinemas, declarou que vai utilizar o teatro para "fazer uma demonstração de alcance mundial de suas tecnologias atuais e futuras".

A empresa de 47 anos declarou também que vai melhorar o sistema de som do teatro no meio deste ano, quando começar a valer o novo acordo. A 85ª cerimônia do Oscar será realizada em 24 de fevereiro de 2013.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.