'Os Sopranos' marcou uma nova era da TV

Presente em histórias importantes de Hollywood, como O Poderoso Chefão, a máfia foi responsável por dar o tom de um novo momento da televisão quando, em 1999, Os Sopranos entrou no ar. A história instigante, que mostrava o outro lado de um dos chefes do submundo norte-americano e consagrou James Gandolfini, morto no ano passado, fisgou a audiência, seduzida por uma história mais densa.

João Fernando, O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2014 | 02h06

"Um outro tipo de inteligência televisiva ascendeu, decorrente de um acelerado ritmo na sociedade mundial. Mudanças na economia do mercado televisivo e na tecnologia impactaram a forma de nos relacionarmos com a TV. A série liderou uma era de dramas com multiplicidade de linhas, a característica estrutural mais apreciada da moderna dramaturgia televisiva", avalia Patricia Weiss. Segundo ela, o fato de o público poder assistir repetidas vezes, no DVD ou sob demanda, a uma história com desdobramentos deixou o público mais atento ao desenrolar das tramas. "A audiência começou a assistir aos seriados na ponta da poltrona, consultando, dissecando e desvendando o entretenimento que passou a consumir."

Tudo o que sabemos sobre:
Séries de TV

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.