Os premiados do festival de curtas

O 23.º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo terminou na sexta-feira com sessão de premiação. Ainda que sem caráter competitivo, o evento coleta os votos do público para eleger os dez preferidos da audiência, entre filmes internacionais e brasileiros. Além disso, parceiros do festival oferecem prêmios para filmes selecionados por júris específicos. Entre os selecionados, destacam-se Através, de Amina Jorge, que levou o prêmio de revelação, Serra do Mar, de Iris Junges, e Fogo-Pagou, de Ramon Batista, que venceram a primeira edição do Prêmio Itamaraty. O Duplo, de Juliana Rojas, levou os prêmios Canal Brasil e CTAv.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.