Os heróis esquecidos de Walsh

Tom & Jerry ? Velozes e Ferozes

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2010 | 00h00

14H15 NO SBT

(T&J in the Fast and the Furry). EUA, 2005. Direção de Bill Kopp.

Animação com os famosos personagens da dupla Hanna e Barbera. O gato e o rato, sempre movidos por implacável animosidade, destroem a própria casa. Transformados em sem-teto, entram em corrida de carros em busca do primeiro prêmio, uma magnífica mansão. Como o Gordo e o Magro, Tom e Jerry transformam a vida em guerra. É divertido e, não raro, cruel. Reprise, colorido, 75 min.

Meu Melhor Amigo

15H40 NA GLOBO

(Ghost Dog: A Detective Tail). EUA, 2003. Direção de Worth Keeter, com Jack Wagner, Daphne Zuniga, Zack Ward, Dorien Wilson, Kathleen Gati.

Cão parceiro de policial morre durante tiroteio e volta reencarnado em criminoso. Tirando o aspecto nada realista do que ocorre, a situação é inusitada. O homem mau age feito animal e se converte à civilidade, é isso? Sem grandes credenciais de direção nem elenco, mas, se você acha que vale arriscar, não se reprima. Só como lembrete ? a série K-9, com James Belushi, era horrível, lembram-se? Lá, o cachorro não morria, mas era mais inteligente do que o herói. Reprise, colorido, 94 min.

P.S. Eu Te Amo

23 H NA RECORD

(P.S. I Love You). EUA, 2007. Direção de Richard LaGravanese, com Hilary Swank, Gerard Butler, Lisa Kudrow.

Mulher entra em depressão profunda após a morte repentina do marido, por quem era apaixonada. De repente, ela começa a receber cartas que ele deixou, e chegam regularmente, com apelos para que ela retorne à vida (e até se apaixone de novo). Qual o milagre dessas mensagens post-mortem? Comédia romântica que fez certo sucesso de público e crítica). Hilary Swank, duas vezes vencedora do Oscar ? Por Meninos não Choram e Menina de Ouro, não tem muito o perfil de heroína romântica. Ela forma dupla meio estranha com Gerard Butler, mas arrisque. Você pode gostar. Lisa "Friends" Kudrow e Gina Gershon, com aquela boca que Bruno Barreto chama de "obscena", contribuem para o clima. Inédito, colorido, 126 min.

Intercine

2 H NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público entre ? Dragão - A História de Bruce Lee, de Rob Cohen, sobre o lendário astro de artes marciais; Jason Scott Lee, filho de Bruce, morreu num acidente de filmagem; as mortes prematuras dos dois desencadeou todo tipo de averiguação, em busca de razões cósmicas; e O Alfaiate do Panamá, de John Boorman, com Pierce Brosnan, Geoffrey Rush e Jamie Lee Curtis, sobre agente inglês que recruta o personagem-título para espiar para ele, em plena crise da devolução do canal aos panamenhos; no mundo pós-comunismo, o escritor e o cineasta transformam a espionagem numa espécie de ópera-bufa.

Amanhã

A Globo exibe amanhã, no Intercine, o preferido do público entre Perigo na Montanha, de Rex Piano, com Nicole Eggert, Marc Singer e George Stults, sobre mulher que perde o marido numa avalanche e, anos depois, é contactada por um homem que garante poder encontrar o corpo desaparecido na neve; ela topa, mas descobre que caiu numa armadilha fatal (Canadá, EUA, 2004, fone 0800-70-9011); e Um Diário para Nicholas, de Richard Friedenberg, com Christina Applegate e Johnathon Schaech, sobre garota que não se conforma com o fim de romance e recebe o diário do título, que pode ajudá-la a entender os motivos do ex (EUA, 2005, fone 0800-70-9012).

TV Paga

Heróis Esquecidos

1H40 NO TCM

(The Roaring Twenties). EUA, 1939. Direção de Raoul Walsh, com James Cagney, Priscilla Lane, Humphrey Bogart, Gladys George.

Cagney e Bogart fazem antigos parceiros do Exército que se reencontram em campos opostos, após a guerra. Ao carisma da dupla principal ? dois dos mais famosos "durões" de Hollywood ? soma-se a personalidade do diretor Walsh. Ele fez filmes de todos os gêneros, em todos os estúdios, dirigindo os maiores astros do cinema. Jean Tulard observa com razão, em seu Dicionário de Cinema, que Walsh, sozinho, sintetiza o cinemão. Este filme, por exemplo, é um clássico de gângsteres e traça amplo painel dos EUA, durante os anos da chamada "lei seca" e, depois, a queda da Bolsa (em 1929). Reprise, preto e branco, 104 min.

Marcelo Zona Sul

5H10 NO CANAL BRASIL

Brasil, 1970. Direção de Xavier de Oliveira, com Stepan Nercessian, Françoise Forton, Francisco Dantas.

Quarenta anos separam este filme de As Melhores Coisas do Mundo, de Laís Bodanzky, superpremiado no Cine PE. Apesar da diferença de tempo, são muito interessantes como olhares sobre a rebeldia da juventude de classe média. O jovem Stepan Nercessian paquera a igualmente jovem Françoise Forton e foge com um amigo para São Paulo, para escapar da repressão familiar. Esses enfoques da classe média não eram muito frequente no cinema brasileiro da época e continua não sendo hoje. O filme possui um charme especial. O diretor Xavier de Oliveira, irmão de Denoy, era tão bom. Ele fez depois André, a Cara e a Coragem, também com Nercessian, mas aí o personagem já pertence a um extrato social mais pobre, no limite da marginalidade. Reprise, preto e branco, 98 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.