Os desígnios maiores

Sol e Saturno em conjunção; a Lua que míngua será Vazia das 7h38 até as 10h47, horário de Brasília.

Quiroga, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2010 | 00h00

A dignidade é a pureza, a força, a liberdade e a condição pacífica que conduzirá sempre e inexoravelmente o ser humano à vitória. Eventualmente parecerá o contrário, que a dignidade produz derrota, mas isso acontece perante as condições atuais do mundo, que é iníquo pela condescendência da maioria. A derrota aparente de um ser humano digno não se compara nem de longe com o fracasso radical daqueles que cantam vitória, mas são indecentes. Desígnios maiores compensam a aparente derrota dos justos e conduzem à catástrofe os que conquistam vitória como resultado de ardis indecentes. Quem é indigno se oculta por trás do fausto material para que não se note sua indecência. Quem é digno brilha com luz própria e não precisa de adereços.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Contrariar a onda da maioria é uma experiência muito incômoda, mas que outra coisa poderia fazer a alma que recebeu o chamado da intuição? Contrariar a intuição seria mais árduo e difícil do que se opor à maioria.

TOURO 21-4 a 20-5

As tarefas são chatas, mas existem e precisam de cuidado e atenção.

Por isso, em vez de lamentar-se pelo tédio que provocam, melhor será dar conta delas rapidamente e passar para

outra com a alma leve.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

As ideias não podem ser compartilhadas, a não ser realizando-as. Ideias que não se realizam podem

ser conversadas, mas nada garante que as pessoas tenham a mesma visão dessas que você. Realize logo suas ideias.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Mude de opinião quanto você desejar e que as pessoas que criticam fiquem com seus pensamentos! Se não fosse possível mudar de opinião, então nossa humanidade nunca teria evoluído e ainda viveríamos nas cavernas.

LEÃO 22-7 a 22-8

Conclua o que já está em andamento antes de iniciar novos projetos ou negociações. Será tentador engajar-se em novas aventuras, mas no momento isso resultaria apenas numa dispersão nada recomendável. Conclua.

VIRGEM 23-8 a 22-9

As coisas estão mudando de forma muito rápida, tanto que a alma sente vertigens de vez em quando. Porém, como a mudança é do bem, ela não traz consigo a pressão obrigatória da mudança. Você deve escolher mudar.

LIBRA 23-9 a 22-10

Seria melhor se tudo fosse certo e seguro, mas as coisas são como são e você tem plena capacidade de administrá-las, ainda que no íntimo pense muitas vezes que tudo é muita areia para seu caminhão. Não é, siga em frente.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Na defensiva as coisas costumam ser muito piores do que na ofensiva. Porém, se a ofensiva for empreendida sem argumentos convincentes, logo esta se

voltaria contra você. A situação não é fácil de administrar.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Pense menos em si e mais nas pessoas que virão no futuro. Afinal, você nem sequer existiria se não tivesse havido gente antes de você que pensou menos em si

e mais nas futuras gerações. Pense longe, no futuro.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Faça sua parte. Mas

se por acaso você não tem certeza sobre qual seria essa, observe seus passos e a tensão que paira no ar. Certamente, não será tão difícil assim reconhecer suas obrigações e seus deveres.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Mire os objetivos mais elevados possíveis e sacrifique-se por eles, o resultado será garantido, você também se elevará sobre seus semelhantes. Porém, o caminho é árduo e solitário, poucas pessoas se atrevem a ele.

PEIXES 20-2 a 20-3

Ainda há muitas surpresas que podem acontecer, já que nesta parte do caminho é onde o destino, tortuoso e misterioso como sempre, deixa ao livre-arbítrio humano o resto da escrita do roteiro. Faça você a sua parte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.