Orquestra faz concerto com Heliópolis

A Orquestra Jovem da Filarmônica de Israel é formada por alunos da Buchmann-Mehta School of Music, em Tel-Aviv que, nos concertos que fazem com o violoncelista Mischa Maisky, serão comandados pelo maestro Zeev Dorman. A passagem pelo Brasil, no entanto, terá outra atração. Na quinta, sob regência de Zubin Mehta, eles farão um concerto conjunto com a Sinfônica de Heliópolis, da qual o maestro é patrono. Será no Municipal de Paulínia. Na primeira parte, os jovens de Israel tocam Les Préludes, poema sinfônico nº 3, de Liszt; em seguida, os músicos de Heliópolis apresentam a Abertura Romeu e Julieta, de Tchaikovsky. Já na segunda parte, os dois grupos sobem juntos ao palco para interpretar a Sinfonia Fantástica, de Berlioz. A Buchmann-Mehta School of Music tem atualmente sete músicos brasileiros: José Batista Júnior (viola), Émerson Nazário (violoncelo), Marcos Lemes (contrabaixo), Abner Landin (violino), Simone Elenciuc (violino), Welintom Gabriel (trompa) e Alberto Fernandes (contrabaixo).

João Luiz Sampaio, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.