Original de "O Beijo" é leiloado por R$ 510 mil

A mulher na clássica foto de Robert Doisneau de um casal dando um beijo apaixonado em uma rua de Paris vendeu sua cópia original da fotografia por ? 155 mil (cerca de R$ 510 mil) em um leilão hoje.Estimava-se que O Beijo (The Kiss at City Hall) fosse arrematada por algo em torno de ? 15 mil a ? 20 mil, de acordo com a casa de leilões Artcurial Briest Pulain le Fur, onde a venda aconteceu.Um colecionador suíço não identificado foi o comprador e deve pagar um adicional de ? 29.960 referente a taxas e outras cobranças, disse a casa de leilões.A fotografia foi posta a leilão por Françoise Bornet, uma ex-atriz que alega que ela e um antigo namorado foram os protagonistas da cena, fotografada em 1950 e levada à fama em 1986, quando foi reimpressa como um pôster. "É como um presente de Natal", disse uma feliz Françoise sobre a venda. A imagem preta-e-branca de um casal se beijando em frente a prefeitura de Paris reafirmou a fama de romântica da cidade. Que a foto não espontânea foi confirmado em um processo movido Françoise no começo dos anos 1990. Ela processou Doisneau em um valor de US$ 18.500 e uma porcentagem das vendas da foto. Em junho de 1993, a corte rejeitou os pedidos dela, apesar de o caso ter forçado Doisneau a confessar ter usado profissionais em vez de um casal. O fotógrafo morreu um ano depois. Mas a imagem nunca perdeu seu poder. Françoise disse que em 1950 ela e o namorado Jacques Carteaud estavam abraçados em um café perto da escola onde os dois estudavam teatro. Doisneau, que estava trabalhando numa série de fotos sobre amantes em Paris para a revista Life os abordou, diz Françoise. Eles se encontraram alguns dias depois para recriar o beijo. A foto apareceu na revista Life naquele ano.A agência de fotografias Rapho, que empregava Doisneau na época, detém os direitos da foto. Françoise nunca recebeu royalties da reprodução e poderia apenas vender a sua fotografia, que traz o selo do falecido Doisneau na parte de trás. Kathleen Grosset, diretora da Rapho, disse que mais de 500 mil pôsteres e 400 mil cartões-postais foram feitos a partir da foto original. "Com os anos, ela deve ter feito cerca de ? 500 mil, para a agência e o fotógrafo", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.