Originais do Super-Homem e Coringa vão a leilão

Uma ilustração original para uma capa de 1942 da revista do Super-Homem vai a leilão na quarta-feira pela primeira vez, como parte de um próspero mercado em que velhos super-heróis podem mudar de mãos por mais de 1 milhão de dólares.

REUTERS

10 de novembro de 2010 | 10h25

A capa da edição 14 da revista, também conhecida como "do Escudo Patriótico", é apontada pela empresa de leilões ComicConnect.com como "de longe a mais valiosa arte original de uma revista em quadrinhos ainda existente".

O desenho do artista Fred Ray, do estúdio DC Comics, mostra o Super-Homem com uma águia sobre um braço, diante de um escudo com estrelas e listras - tema da bandeira dos EUA. A ilustração foi decisiva para dar ao personagem o status de ícone norte-americano do século 20.

Steven Fishler, executivo-chefe da ComicConnect.com, disse à Reuters que a obra deve superar os 500 mil dólares, mas que o preço real "é pura conjectura", por se tratar de um trabalho tão raro.

Neste ano, exemplares de revistas, como as primeiras aparições do Super-Homem, de 1938, e do Batman, de 1939, foram leiloados por respectivamente 1 milhão e 1,075 milhão de dólares. A ilustração original de uma capa é algo ainda mais raro do que esses exemplares.

O trabalho pertence a Jerry Robinson, 88 anos, membro da equipe original da publicação do Batman, e ele próprio criador do personagem Coringa.

Ele levará a leilão também o original da capa que fez em 1942 para a revista "Double Guns", na qual aparecem Batman, Robin e uma enorme imagem do Coringa.

Na década de 1940, os originais dos desenhos costumavam ser destruídos logo depois de as revistas saírem da gráfica.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALHQLEILAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.