Oprah Winfrey é considerada celebridade mais generosa

Herb Alpert, co-fundador da A&M Records, ficou em segundo lugar da lista e atriz Barbra Streisand em terceiro

Reuters,

12 de setembro de 2008 | 10h14

Ela já é a estrela mais bem paga da TV e uma das mulheres mais poderosas do mundo. Mas Oprah Winfrey, apresentadora de talk show norte-americana, também foi eleita a celebridade mais generosa. Pelo segundo ano consecutivo, ela ficou no topo da lista de 30 estrelas mais generosas. Compilada pelo Fundo Giving Back, grupo que visa a encorajar a filantropia, a lista anual é publicada na revista Parade. Oprah ficou no topo devido ao seu trabalho na Fundação Oprah Winfrey e na Oprah Network, as quais gastaram US$ 50,2 milhões com educação, tratamentos médicos e serviços de advocacia para mulheres e crianças no mundo todo, somente em 2007. Em segundo lugar, ficou Herb Alpert, co-fundador da A&M Records. A fundação que leva seu nome gastou US$ 13 milhões em educação, incluindo a escola de música Herb Alpert, na universidade UCLA. A cantora e atriz Barbra Streisand ficou com a terceira posição na lista, que computou doações públicas feitas em 2007. Ela doou US$ 11 milhões à Fundação Streisand, que trata de questões ambientais, femininas, direitos civis, advocacia e pesquisas sobre Aids. O ator Paul Newman vem em quarto lugar. Ele deu US$ 10 milhões para bolsas de estudo na faculdade Kenyon. O quinto lugar é de Mel Gibson, com US$ 9,9 milhões à Igreja da Família Sagrada, em Malibu, California. O casal Angelina Jolie e Brad Pitt, cuja fundação Jolie-Pitt se envolveu ativamente na reconstrução de Nova Orleans e na ajuda a refugiados, ficou em sexto lugar. Em sétimo, estão empatados o ciclista Lance Armstrong, cuja fundação financia pesquisas sobre câncer; o ex-jogador de basquete Michael Jordan, que deu US$ 5 milhões a uma escola de Chicago só para descendentes de africanos; e Eric Lindros, ex-jogador de hóquei, que doou US$ 5 milhões a um hospital canadense que o tratou. Marc Pollick, presidente da fundação baseada em Los Angeles, disse que a lista tem o objetivo de encorajar as pessoas a fazer doações. Winfrey também já ganhou o prêmio humanitário Bob Hope, mas sua escola para meninas na África do Sul virou manchete no ano passado, quando uma funcionária foi acusada de abusar das estudantes.

Tudo o que sabemos sobre:
Oprah Winfrey

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.