Oprah lidera lista da Forbes de celebridades mais bem pagas

A sua nova rede de televisão enfrenta dificuldades, mas a conta bancária de Oprah Winfrey está indo bem, de acordo com o site financeiro Forbes.com, que nesta segunda-feira nomeou a rainha dos programas de entrevista como a celebridade mais bem paga pelo quarto ano consecutivo.

Reuters

03 de setembro de 2012 | 18h38

Oprah não conseguiu muito sucesso na parceria com a Discovery Communications no seu canal OWN, mas sua participação em programas como "Dr. Phil", "Rachael Ray", "The Dr. Oz Show" e outros produtos na mídia contribuíram para que ela arrecadasse estimados 165 milhões de dólares entre maio de 2011 e maio de 2012, afirmou a Forbes.com em reportagem publicada nesta segunda-feira.

Bem atrás está o cineasta Michael Bay, cujo "Transformers: O Lado Oculto da Lua" lançado no ano passado, o ajudou a arrecadar 160 milhões de dólares entre participação nos ingressos, vendas de brinquedos e outras receitas.

Outro diretor de cinema, Steven Spielberg, ganhou 130 milhões de dólares no período de 12 meses analisado pela Forbes de sua participação em programas de TV como "Smash" e o lançamento de filmes como "As Aventuras de Tintim" e "Cavalo de Guerra".

Jerry Bruckheimer ficou em quarto lugar, com 115 milhões de dólares, de programas de TV e filmes incluindo "Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas". Atrás dele, o produtor musical Dr. Dre, que arrecadou 110 milhões de dólares, a maioria com a venda de parte de sua participação na companhia de fones de ouvido Beats by Dr. Dre.

Para completar a lista dos 10 mais bem pagos, o ator e produtor Tyler Perry (105 milhões); a personalidade de rádio e TV Howard Stern (95 milhões); o autor James Patterson (94 milhões); o cineasta George Lucas (90 milhões) e o produtor musical Simon Cowell (90 milhões).

(Reportagem de Bob Tourtellotte)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEOPRAHRICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.