Oportunidade maravilhosa

Marte e Júpiter em sextil; a Lua míngua em Áries

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2011 | 00h00

A prudência, que normalmente seria virtuosa, hoje em dia não merece ser tida como referência. É que a normalidade não existe mais e as regras de bom senso, que não são eternas, mas produzidas pelas necessidades de época e lugar, devem ser revistas. Nada será como antes, nunca mais! Na prática isso significa que vale muito mais experimentar, tentar e continuar tentando até acertar; esse é o exercício essencial do ser humano, é assim que merecemos o título. A oportunidade é maravilhosa, depois de mais de um século de acomodação e de termos fingido que tínhamos conseguido produzir a melhor civilização possível, eis que a realidade nos mostra que devemos seguir em frente, que o desafio de instituir uma civilização que proteja e promova o bem-estar ainda precisa ser superado.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Sempre haverá alguém disposto a criticar seus momentos de descanso, porque lembrará a você que ainda há muitas batalhas a serem travadas. Isso é verdade, mas não é menos verdade que descansar é necessidade fundamental.

TOURO 21-4 a 20-5

Quando objetos muito caros resultam em isolamento, porque não podem ou não querem ser compartilhados com outras pessoas, isso os desvaloriza. O valor de um objeto aumenta na mesma proporção em que é compartilhado.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

O momento de celebração é quando não restam outras opções e, por isso, os dilemas que atormentam se mostram inúteis. Por isso, celebre! Regozije-se! Agora não há outra opção, a mão misteriosa do destino determina.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Nem tudo é do seu total agrado, mas isso não significa que seja totalmente desagradável. Considere que este é um tempo de ajustes e que, por isso, nada adquiriu estabilidade suficiente, tudo está ainda em mutação.

LEÃO 22-7 a 22-8

Hoje em dia as pessoas vendem suas almas por muito pouco, o preço delas diminui bastante. Isso é porque nunca conheceram o valor dos princípios fundamentais, sem os quais a experiência humana é pouco ou talvez nada.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Fazer chegar sua mensagem, isso é comunicar. Todo o resto é conversa jogada fora. Para comunicar, você não deve satisfazer a si, mas prestar atenção às reações das pessoas que nesse momento sejam seus interlocutores.

LIBRA 23-9 a 22-10

Saiba que apesar de os tumultos se estenderem tanto no tempo que começam a parecer eternos, é tudo temporário. Logo, em algum momento surpreendente de todas as reviravoltas, você perceberá a calmaria.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Só as pessoas que não se entristecem demais com as limitações nem experimentam furiosa alegria pela boa fortuna podem se considerar sábias. Quantos seres humanos haveria entre o céu e a Terra com essa característica?

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Os milagres acontecem, mas você pode fazê-los acontecer também. A segunda opção é ainda mais maravilhosa do que a primeira, porque torna consciente que o Universo não é lá longe no céu, mas uma experiência íntima.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Porque a união faz a força, o sistema escravizante se ocupou sistematicamente de promover a desunião. Quando você percebe os comportamentos desagregadores, saiba que essas pessoas temem o que resultaria da união.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

A necessidade é a mãe do destino. Por isso, enquanto você fizer o possível para que o ritmo cotidiano se ajuste à satisfação das necessidades, sua alma continuará alinhada com o caminho misterioso que chamam destino.

PEIXES 20-2 a 20-3

Se a vida continua, apesar de tudo e de todos, você também pode fazer o mesmo. Imite a vida e dê prosseguimento a todos os assuntos que as perturbações da atualidade tumultuaram. É propício seguir em frente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.