Ópera perde tenor Salvatore Licitra

O tenor Salvatore Licitra, considerado um dos mais importantes do cenário operístico italiano atual, morreu ontem, aos 43 anos, na Itália. Ele estava internado no Hospital Garibaldi, na região de Catânia, desde o dia 27 de agosto, quando havia sofrido um grave acidente de trânsito. Logo que deu entrada na clínica, ele foi submetido a uma cirurgia para tentar minimizar os danos de uma isquemia cerebral. A família do tenor anunciou que os órgãos do artista serão doados. Nascido na Suíça, filho de pais sicilianos, Licitra iniciou sua carreira na década de 1990, obtendo sucesso em 2002, ao estrear no Metropolitan, em Nova York. / EFE

, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.