ONU expõe peixes de Leslie Amaral

O Lobby South da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York, recebe a partir de segunda-feira e até o dia 30 os peixes da artista brasileira Leslie Amaral. A solenidade de abertura da mostra, durará três horas, das 17h30 às 20h30.Leslie já expôs na Bélgica, na Espanha, no Museum of Latin Art, em Miami, e no ArtsForum, em Nova York. Sua temática recorre sempre às suas experiências de infância, como as boas lembranças do mar. Desde criança ela pratica esportes náuticos, como natação, esqui, mergulho e vela, que a levaram a locais como Tahiti, Bali, Sheychelles, Filipinas.Sua obra mais recente chama-se Barra do Sahy, em óleo e acrílico s/tela, de 1m20 x 1m, em tons de laranja, amarelo e azul. Já na tela Maresias, de 1m x 1m, em acrílico s/tela, do ano passado, predomina o lilás. Os peixes estão sempre presentes com seu marcado estilo figurativo-abstrato.O ateliê da artista plástica, situado no Residencial Tamboré I, em Barueri, na Grande São Paulo, é um gazebo, situado no meio de um bosque, ladeado por um riacho com carpas e uma pequena queda d´água. Lá está em lugar de destaque uma cópia do símbolo oficial criado por ela para a Whitbread, considerada a maior regata do mundo, realizada em São Sebastião, no litoral paulista. Trata-se do Whitbread II, em acrílica sobre tela, de 1m x 1m, pintado em setembro de 2000.Leslie estudou pintura com a professora Iracy Saviani, que a ensinou a ousar e criar, e com o artista plástico Paulo Whitaker no MuBE (Museu Brasileiro de Escultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.