ONG terá portal sobre arte latino-americana

Um grande banco de dados, com currículo dos artistas e suas principais obras de arte, e que indique onde estão as principais bibliotecas, museus, teatros, institutos financiadores de pesquisa será elaborado pelaAssociação Artes Sem Fronteira, uma organização não-governamental (ONG) presidida por Mônica Serra. "Será um sitede serviços para artistas latino-americanos. Vamos abrir espaçopara que eles coloquem seu portfólio", explicou. "As pessoasnão sabem quem faz arte e queremos cobrir essa lacuna. Queremospromover e integrar nossa cultura", completou.A ONG desenvolve um trabalho desde 1996 junto às escolasda rede pública. De acordo com Mônica, 4.140 colégios públicosdo Estado de São Paulo receberam kits sobre arte. Cada kit tem15 reproduções de obras artísticas brasileiras. "Queremosampliar esse projeto, passando para outros Estados", contou. Oprograma já existe em outros países, como Venezuela, Uruguai,Argentina, e está sendo implantado no México. Ele conta com opatrocínio do Banco Velox, argentino.A entidade fará uma pesquisa para avaliar o resultado dadistribuição desse material. O programa tem como objetivo levara arte para as escolas e integrá-la ao processo educacional."Já temos casos de escolas em que os pais tomaram contato com omaterial e levaram seus filhos para visitar um museu", contou."Temos um conjunto de 1.000 kits de 15 obras e vamos procurarum Estado onde a gente possa implantar o projeto logo depois quefizermos uma avaliação dos nossos resultados", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.