'Olho no olho' deve superar tecnologia

Fátima Bernardes se entusiasma ao exibir o cenário, em 360° e os efeitos do 3D Mapping: recurso inédito na TV brasileira, ele alterna o design do fundo do cenário, por meio de projeções que estampam criações gráficas e imagens de reportagens ou participações externas.

O Estado de S.Paulo

24 de junho de 2012 | 03h10

Mas o diretor-geral, Fabrício Mamberti (foto), responsável pela chegada do tal 3D ao programa, adverte: "A tecnologia não disputa atenção" com a conversa. "A tecnologia surge como maneira quase orgânica de abrigar conteúdo", diz. "A gente quer simplicidade, o programa é todo calcado no olho no olho."

Mamberti foi convidado para o posto por Maurício Farias, diretor de Núcleo do Encontro com Fátima, que foi convidado por Guel Arraes, escolhido por Fátima para a criação, ao lado do casseta Cláudio Manoel e do jornalista Geneton Moraes Netto. Se vale como indício de que o Encontro tem boas chances de vingar, Farias é o sujeito que botou de pé os dois únicos seriados dos quais a Globo não abre mão na programação do ano todo: A Grande Família e Tapas & Beijos. E bem sabe como agradar aos anseios da cobiçada nova classe C, sem subestimá-la.

Não está nos planos do Encontro com Fátima Bernardes fazer uso do estrelado elenco da Globo. Os convidados estarão necessariamente atrelados aos assuntos discutidos no dia, e desde que um ator tenha algo a ver com aquilo, OK., é só entrar e sentar. Na entrada do estúdio, uma cabine toda espelhada fará as vezes de divã, e cada convidado passará por ali, antes de chegar ao seu lugar, para responder à pergunta do dia - as melhores serão exibidas durante o programa.

A equipe de Fátima inclui os jornalistas Lilia Teles, Aline Prado e Gabriela Lian - que vêm sendo treinadas a falar a câmeras de cinema (35 mm) -,o jornalista Lair Rennó, que ficará no palco, navegando na web para trazer retorno imediato provocado pelo programa ao vivo, e dos humoristas Marcos Veras e Victor Sarro, prontos para estender a informação ao terreno da piada. / C.P.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.