OZé/ Reprodução
OZé/ Reprodução

Olhar de quem conhece

Ex-livreiro, Zeco Homem de Montes lança editora voltada para as crianças em parceria com o ilustrador Walter Ono

Raquel Cozer, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2011 | 00h00

Era uma livraria chamada Ubaldo, que ficou conhecida em São Paulo pelos títulos infantis. Antes dela, Zeco Homem de Montes já tinha sido dono de umas tantas lojas, sempre vendendo livros, quase sempre infantis.

Isso durante quase três décadas. Em 2007, fechou o negócio. "Não dava mais para continuar. O mercado mudou muito, a concorrência cresceu. A Ubaldo já não vendia tanto", disse.

Não era um final infeliz. Disposto a conhecer o outro lado do mercado, Zeco estreia agora sua primeira editora infantil, a ÔZé (www.ozeeditora.com.br), em parceria com o ilustrador Walter Ono, cujo traço faz parte do imaginário de gerações de crianças. São dele, por exemplo, os desenhos do clássico O Reizinho Mandão (1978), de Ruth Rocha.

"Temos muitos anos de experiência nesse meio, conhecemos muitos ilustradores, muitos autores. Queremos qualidade de texto e ilustrações diversificadas, inclusive em termos de técnicas", explica Zeco.

Amanhã, a ÔZé faz o lançamento de seus primeiros dez títulos, com evento na Biblioteca Monteiro Lobato, em São Paulo. Das 12 h às 18 h, com a presença de autores, haverá oficinas, contação de histórias e exposição dos originais reproduzidos nos livros. Trata-se de edições simples, mas de muita qualidade. Entre os nomes que assinam os trabalhos, estão o do premiado escritor e pesquisador Ricardo Azevedo e o do artista plástico Guto Lacaz, que juntos assinam o divertido Esqueleto, Tomate e Pulga. A também premiada Anna Flora é a autora de Farejando a Liberdade, que sai com ilustrações da professora de artes da Unicamp Luise Weiss.

Outro dos autores reconhecidos pela crítica que já compõem o catálogo é Bartolomeu Campos de Queirós, cujo O Rio faz parte desta primeira leva. O título é ilustrado pelo próprio Walter Ono, que, além disso, assina texto e desenho do bonito Eu e Ele, sobre a amizade de um menino com seu cachorro.

Bom exemplo da diversificação nas técnicas de ilustração aparece na adaptação de conto popular A Lenda das Três Laranjas, com texto de Betina Bopp. Ana Guima faz um delicado trabalho com retalhos de pano, fotografados para a edição.

LANÇAMENTO DA EDITORA ÔZÉ

Quando: Amanhã, das 12 h às 18 h.

Onde: Biblioteca Monteiro Lobato (Rua General Jardim, 485, Vila Buarque).

Tudo o que sabemos sobre:
literaturaliteratura infantilÔZé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.