Oito quadros de Picassos arrecadam US$ 35 milhões em leilão

Oito quadros de Pablo Picasso (1881-1973) foram vendidos nesta quarta-feira por mais de US$ 35 milhões em um grande leilão de arte impressionista e moderna na sede londrina da casa Christie´s. Quatro obras do pintor espanhol não encontraram comprador.Homme à la Pipe et Amour, de 1969, pintura colorida e de caprichosa inspiração, foi comprada por US$ 7,86 milhões, o segundo maior preço do leilão, após uma tela do pintor expressionista austríaco Egon Schiele (1890-1918), vendido por US$ 21,7 milhões.Entre os "picassos" leiloados, de diferentes períodos de sua vida, está uma obra do começo de sua carreira, Au Moulin Rouge, de 1901, que foi vendida por US$ 6,62 milhões.Também foram oferecidos dois retratos de sua esposa, Jacqueline, pintados durante uma das épocas mais felizes da vida do artista malaguenho.Femme Dans un Fauteil, Les Bras Croisés foi vendido por US$ 5,58 milhões, enquanto Femme Assise Dans un Fauteuil não encontrou comprador.Portrait de Femme (François Gilot), de 1944, e Vase de Fleurs et Compotier, de 1943, foram vendidos por mais de US$ 3 milhões, enquanto Tete d´homme, de 1971, foi comprado por US$ 6,41 milhões.As outras três obras que não encontraram comprador foram Buste d´homme (1965), Tete d´homme Barbu (1965) e La Lecture (1971).Entre as jóias do leilão, se destaca a paisagem de Paul Cézanne Maisons Dans la Verdure, pintado por volta das 1881, além de telas de Manet, Renoir e Pisarro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.