Oficinas para estudantes batem recorde

Atrás do palco, o Filo encara o desafio de ajudar na formação de jovens atores e diretores. Este ano, foram 500 inscritos para as oficinas de teatro, aumento de 60% em relação a 2010, inacessíveis à maioria: havia apenas 104 vagas. Adriane Maciel Gomes, diretora da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina, destacou o crescente interesse por esse tipo de trabalho: "Boa parte do público veio de diferentes Estados", principalmente de São Paulo, do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais.

Eduardo Maluf, O Estado de S.Paulo

29 Junho 2011 | 00h00

Uma das oficinas foi do colombiano Fernando Montes, convidado para atuar no trabalho de formação. O evento também ofereceu bate-papos, conferências e workshops ao público e reuniram cerca de mil pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.