Oficinas Culturais ampliam programação

As Oficinas Culturais Oswald de Andrade e Amácio Mazzaropi abrem hoje inscrições para 31 oficinas com nomes conhecidos das artes cênicas brasileiras, do dramaturgo Dionísio Neto ao diretor Roberto Lage. E o melhor de tudo é que as oficinas, com de 402 vagas, são totalmente gratuitas. A programação integra o Projeto Residência, da Secretaria de Estado da Cultura, lançado em 98, e que tem oferecido seu apoio ao desenvolvimento de projetos cênicos conectados à pesquisa e experimentação. Desse apoio nasceram não só oficinas, mas os espetáculos Não Escrevi Isto, dos Parlapatões, Patifes & Paspalhões, A Comédia do Trabalho, da Cia. do Latão, Apocalipse 1,11, do diretor Antônio Araújo, e Toda a Nudez Será Castigada, de Cibele Forjaz. Neste ano, são sete os projetos contemplados com subsídios que giram em torno de R$ 40 mil a R$ 60 mil, para pagamento dos profissionais de cada núcleo: Antiga, de Dionísio Neto, com direção de Leonardo Medeiros; Macbeth, de Shakespeare e direção de Robert McCrea; O Colecionador de Crespúsculos, texto e direção de Vladimir Capella, Babilônia, de Reinaldo Maia, com direção de Marco Antônio Rodrigues; Drácula, inspirado na obra de Bram Stocker, com direção de Roberto Mallet; e Por dentro, com dramaturgia coletiva dos atores, sob a direção de Roberto Lage, e Os Sertões, do original de Euclides da Cunha e direção de Zé Celso.Oficina Cultural Oswald de Andrade - Telefones: 221-5558/222-2662Oficina Cultural Amácio Mazzaropi - Telefones: 292-7071/292-7711Leia mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.