Obras impressionistas e modernistas vão a leilão

Obras dos pintores franceses Claude Monet, Henri de Toulouse-Lautrec e Henri Matisse, assim como dos espanhóis Pablo Picasso e Joan Miró, são as atrações principais dos dois leilões de arte moderna e impressionista que serão realizados nesta semana em Nova York. Do conjunto, a composição cujo preço estimado é o mais alto é a impressionista A Blanchisseuse (A Lavadeira), de Toulouse-Lautrec, que se espera atingir um valor máximo de entre US$ 20 e 25 milhões. Feita quando o artista (1864-1901) tinha 23 anos, a pintura é o retrato da lavadeira Carmen Gaudin, e captura - com dramatismo, mas sem sentimentalismo - a essência da modelo. Para os historiadores de arte, trata-se da primeira obra-prima de Toulouse-Lautrec. Nos leilões, promovidos pelas empresas Christie´s e Sotheby´s para segunda e terça-feira, também se destacam obras pertencentes a importantes coleções públicas e particulares. Uma das composições que podem despertar o interesse dos colecionadores é Nymphéas, um óleo de Monet (1840-1926) cujo valor foi estimado pela Christie´s entre US$ 10 e 15 milhões. A pintura faz parte de uma série de 200, inspiradas nos jardins que o artista cultivou em Giverny e está entre as mais inovadoras e influentes de toda sua produção artística, e de fato são consideradas obras-primas do Impressionismo. A Sotheby´s também venderá um Monet intitulado Le-Grand Canal, uma vista da Igreja Santa Maria della Salute a partir das escadarias do Palazzo Barbaro que pertence a sua série de paisagens venezianas. A pintura tem um preço estimado entre US$ 12 e 16 milhões. Do mestre espanhol Pablo Picasso (1881-1973), a Christie´s colocará à venda uma série de pinturas e desenhos, entre os quais se destaca Sylvette au Fauteuil Vert, com um preço estimado entre US$ 4 e US$ 6 milhões. A obra é parte de uma conhecida série de 31 pinturas e desenhos que Picasso realizou em 1954 inspirado na jovem loura Sylvette David, uma de suas poucas modelos com quem o artista não teve uma relação amorosa. Outro artista representado nos dois leilões é o mestre Henri Matisse (1869-1954), conhecido como um dos principais pintores "fauves" - ou "selvagens" - por seu emprego "irracional" da cor. A Sotheby´s leiloará Roube Jaune et Roube Arlquin (Nezy et Lydia), uma pintura que retrata duas das modelos favoritas do artista e que tem um preço calculado entre US$ 9 e US$ 12 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.