Obras de Lichtenstein são roubadas de seguradora

Três litogravuras do mestre da pop art Roy Lichtenstein, avaliadas em US$ 21 mil, foram roubadas do prédio de uma seguradora nos arredores de Cleveland, Ohio. A informação foi dada hoje pela polícia, que ainda não tem pistas do furto. As obras - Bull Head I, II e III - foram vistas pela última vez no dia 31 de outubro, no edifício da Progressive Corp. A polícia está intrigada com a facilidade com que o ladrão deixou o prédio, provavelmente à luz do dia, sem que fosse notado. Cada obra mede 68 por 69 centímetros e está avaliada em US$ 7 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.