Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Obras de arte de alto valor são vendidas pela internet

Se as casas de leilão internacionais apostam nas vendas virtuais, comercializando obras de arte de alto valor pela internet, por que não fazer o contrário e trocar o colecionador típico pelo neófito interessado em arte? Essa lógica marcou a criação de um portal brasileiro em outubro, que disponibiliza ao usuário informações sobre artistas brasileiros e estrangeiros, o primeiro a aliar conteúdo ao ‘e-commerce’. O ArtScoop, criado pela colecionadora Ana Luiza Brant e o empresário Rodrigo Lopes, ambos na faixa dos 30, ainda marca presença tímida no mercado, como outros similares (o Nail on Wall e Urban Arts), mas já tem 11 mil seguidores no Facebook e 50 parcerias com artistas e galerias para vender online obras com preços entre R$ 500 e R$ 7 mil.

Antonio Gonçalves Filho, O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2013 | 19h02

Leia mais sobre esse negócio na edição de terça do Caderno 2. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.